Conta de luz: reajuste pode ser de 10% em 2018


A falta de chuvas de 2017 vai pesar no bolso dos consumidores em 2018. Após um ano com um volume de afluências abaixo da média, que levou a um elevado consumo de energia a partir de usinas térmicas, mais caras, a tarifa de luz deve subir em um ritmo maior neste ano. E isso mesmo considerando que o atual período chuvoso, iniciado em novembro, tem se mostrado mais favorável. As projeções variam, mas os reajustes das tarifas de energia devem superar os 10%, em média.

Uma parcela significativa desse reajuste vem do aumento do custo da energia, pressionado pelo déficit hidrológico (GSF), estimam especialistas. Pelos cálculos da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), o déficit hidrológico médio de 2017 ficou em 79%, o que significa que as hidrelétricas geraram 21% menos do que o volume de energia que tinham direito de comercializar. Para compensar a menor geração hídrica, foram acionadas termelétricas, que produzem uma energia mais cara, gerando custo adicional para o sistema. Esse custo deveria ser coberto pela receita proveniente das bandeiras tarifárias, mas tendo em vista o alto preço da energia de curto prazo registrado ao longo do ano, justamente pela geração térmica, o valor arrecadado não tem sido suficiente para fazer frente às necessidades. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) chegou a elevar o valor da cobrança adicional com o acionamento das bandeiras, a partir de novembro, e ainda liberou um recursos proveniente de um outro encargo, a Conta de Energia de Reserva (Coner), de maneira a reduzir o descompasso entre gastos e receitas. Ainda assim, a projeção é de déficit significativo. Pelas regras do setor, quando a receita com as bandeiras tarifárias não é suficiente para cobrir os custos, as distribuidoras arcam com compromisso e, no momento do reajuste, o saldo dessa conta entra no cálculo da tarifa, de forma a zerar os passivos. Considerando os dados até novembro, a Aneel indicou um saldo negativo de R$ 4,8 bilhões para compensação futura, por meio das bandeiras tarifárias ou dos reajustes mensais. A estimativa da Associação de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee) indica que o déficit das distribuidoras com o custo hidrológico deve somar cerca de R$ 4,3 bilhões em 2017. A leve redução deve ser possível tendo em vista que em dezembro vigorou a bandeira vermelha patamar 1, que adiciona R$ 3 a cada 100 KWh consumidos, gerando receita para a Conta Bandeiras, ao mesmo tempo em que o déficit hidrológico e os preços da energia de curto prazo foram menores que o de meses anteriores. No entanto, para janeiro, a Aneel definiu que a bandeira tarifária é verde – sem custo extra para os consumidores -, reduzindo o montante arrecadado na conta bandeiras. Com isso, o passivo a ser repassado para as tarifas pode ser maior. A consultoria Thymos Energia estima que as distribuidoras que têm reajuste no primeiro semestre – empresas como Cemig, Enel, Light e algumas concessionárias da CPFL, por exemplo – terão um reajuste entre 10% e 15%. “O que vai acontecer é que esse saldo não vai ficar zerado e esse acúmulo, bem acentuado por conta de GSF baixo com PLD alto, vai puxar a componente de CVA”, explica o presidente da Thymos, João Carlos Mello, referindo-se à Conta de Compensação de Variação de Valores de Itens da Parcela A, um mecanismo que calcula as variações de valores de custos não gerenciáveis (Parcela A) ocorridas entre reajustes tarifários anuais das distribuidoras de energia. Na data do reajuste anual, se a CVA estiver negativa, há repasse desse montante para tarifa. Se a conta estiver positiva, o saldo é usado para abater o reajuste anual das tarifas. Diego Aspeé, consultor da Thymos, não descarta aumentos até superiores aos 15% e lembra que o alto custo com GSF já penalizou os consumidores das distribuidoras que têm reajuste no final do ano, como CPFL Piratininga, Celg e EDP SP, que anotaram aumentos entre 15% e 24%, influenciados também por outros fatores, como o início do pagamento de indenizações às transmissoras. Para estas e outras distribuidoras com aniversário de contrato no segundo semestre, ele considera que o ritmo de reajuste dependerá do volume de chuvas nos próximos meses e do preço spot de energia. “O viés é de alta, mas vai depender da janela de CVA. Pode haver uma compensação, se o primeiro semestre for favorável”, diz. A TR Soluções, empresa especializada na análise e cálculo de estruturas tarifárias, projeta um reajuste médio das tarifas de energia de 9%, considerando 40 distribuidoras do País que respondem por cerca de 97% do mercado brasileiro. Dentre as empresas com aumento nas contas de luz acima da média nacional, segundo a empresa, estão as distribuidoras do Rio de Janeiro – Light e Enel Rio (antiga Ampla), justamente as primeiras concessionárias de grande porte a passarem por processos tarifários neste ano, em 15 de março. O aumento estimado é da ordem dos 10%. Mais otimistas, os analistas do Banco Santander estimam um aumento médio de 5,9% nas contas de luz, no cenário base, considerando o acionamento da bandeira vermelha patamar 1 ao longo de 2018, que levaria ao equacionamento do passivo na CVA. Para a equipe, em seu cenário mais otimista, a bandeira amarela seria acionada em meados de 2018, o que poderia contribuir para um reajuste de apenas 1,9% das tarifas, sempre levando em conta que não haveria passivos a serem cobertos nos reajustes anuais. Neste cenário, o banco prevê que os reajustes devem ser mais baixos nas distribuidoras com reajuste no primeiro semestre e mais elevados para as concessionárias que têm aniversário de contrato na segunda metade do ano. Para a equipe de análise, o acionamento da bandeira verde em janeiro antecipa o movimento de menor pressão tarifária já esperado por conta da melhora da hidrologia, provocando um impacto positivo para o consumidor. Embora considerem que o cenário mais provável ainda é de bandeira amarela para 2018, os profissionais do banco passaram a trabalhar com a probabilidade de que a bandeira verde seguirá válida por mais alguns meses. Além do custo com o déficit hidrológico, os especialistas também citam os encargos setoriais como fator de pressão nas tarifas de energia. No final de dezembro, a Aneel anunciou um aumento de 22,88% na Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), o que corresponde a um impacto médio nas tarifas de 2,14%, com diferenças no peso da cobrança por regiões. Nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, o impacto será de 2,72%, e no Norte e Nordeste, de 0,77%, segundo cálculos da própria agência. Mas a TR Soluções calcula que o impacto médio deve ser maior, de 3,7% nas tarifas, chegando a 4,5% para consumidores das regiões Sul e Sudeste-Centro Oeste. A consultoria explica que sua estimativa é superior à divulgada pela Aneel porque a análise considera também o componente financeiro do aumento no encargo, não apenas o econômico. A TR lembra que haverá o impacto da retirada de componente financeiro negativo nas contas da CDE, referente a um desconto dado da ordem de R$ 10,00 por MWh, por conta de uma cobrança a maior, e que fica em vigor até o evento tarifário de cada concessionária em 2018. (BN)

Itororó: casal é detido por desacato e perturbação do sossego


Um casal foi detido por uma equipe da Polícia Militar, na noite deste domingo (7), na Rua R, no Bairro Sinval Palmeira, na cidade de Itororó.

A ocorrência policial aconteceu depois que os militares foram acionados por moradores queixando do barulho que vinha de uma residência na localidade. No local, os PMs comprovaram a denúncia, entretanto, foram atacados com xingamentos por parte dos denunciados.

Sob acusação de desacato e perturbação do  sossego, o casal Rosineide e Aneilton foi conduzido e apresentado no Complexo Policial de Itapetinga, juntamente com aparelhagem de som apreendida.

O casal foi liberado depois de prestar depoimento para responder em liberdade.

Itapetinga: caminhão bate em poste e deixa moradores da Avenida Flamengo sem energia


Era por volta das 8 horas da noite deste domingo (dia 7 de janeiro), quando o trânsito voltou a fluir normalmente, na Avenida Flamengo, no Bairro Otávio Camões, em Itapetinga.

No início da noite, um caminhão boiadeiro se chocou com um poste da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba). Na colisão, a base do poste foi destruída, deixando muitos moradores sem luz.
Segundo testemunhas, o motorista estava fazendo uma manobra para entrar na avenida, mas não visualizou o poste no meio da calçada.

Agentes da Comutran (Coordenadoria Municipal de Trânsito) tiveram que interditar avenida. O trânsito foi desviado por uma rua lateral

Alguns comerciantes da localidade tiveram prejuízos financeiros por conta da falta de energia elétrica.

O fornecimento de energia foi restabelecido por volta das 20h30, mas a substituição do poste deverá acontecer nesta segunda-feira (8).

Mulher morre em grave acidente na estrada Conquista-Poções


Na noite deste sábado (6) um grave acidente ceifou a vida de Maria Nilza, de 46 anos, na BA-262, entre Poções e o povoado de Morrinhos.

Segundo informações levantadas pelo Blog do Jeferson Almeida, a vítima, moradora da cidade de Poções, estava na garupa de uma moto, que era pilotada pelo seu companheiro quando o mesmo perdeu o controle da direção em uma curva e colidiu com um barranco.

O piloto foi identificado como Natanael Cardoso, de 37 anos. Ele sofreu ferimentos pelo corpo, foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel e Urgência (SAMU) e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

O corpo de Maria foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Vitória da Conquista. A Polícia Militar registrou a ocorrência.

Caatiba: homem é detido com carro roubado



Um homem foi detido enquanto dirigia um veículo roubado, na tarde desse sábado (6), durante uma blitz da Polícia Militar, na estrada que liga os municípios de Caatiba e Barra do Choça, na região Sudoeste da Bahia.

Os policiais descobriram que as placas que estavam no Fiat Strada pertencem a outro carro e que o veículo abordado conta com restrição de roubo. O motorista, identificado apenas pelo prenome de Ariosovaldo, recebeu voz de prisão por receptação, e foi apresentado na delegacia de Itapetinga.

O homem informou que comprou o veículo na ‘Pedra’ (local de venda e troca de produtos) em Vitória da Conquista e que pagou pouco menos de 10 mil no carro.

Ariosvaldo foi liberado após pagamento de fiança, mas vai responder, em liberdade, por receptação.

Após o trabalho da Polícia Técnica, o Fiat Strada será liberado para o proprietário.

Confira outas notícias do município de Caatiba, clicando aqui.

Potiraguá: jovem comete suicídio e deixa carta de despedia


O jovem Bismark Santos Teixeira, de 25 anos, foi encontrado enforcado, na manhã desse domingo (7), na Fazenda Monte Alto, na zona rural do município de Potiraguá, na região Sudoeste da Bahia.

Em estado avançado de decomposição, o corpo do rapaz foi encontrado numa casa abandonada, na região dos ‘Quatis’.

Bismark era suspeito de alguns crimes na região, dentre eles, um homicídio que aconteceu recentemente na localidade. Inclusive, na semana passada, a polícia esteve na fazenda, entretanto, não conseguiu localizá-lo.

Próximo ao corpo, os agentes encontraram uma carta de despedida, na qual o jovem demonstra estar insatisfeito com a vida e pede perdão a mãe pelos delitos que cometeu e pela atitude em tirar a própria vida.

Após o trabalho do Departamento de Polícia Técnica (DPT), o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), onde passará  por exame de necropsia e depois será liberado para os familiares.

Confira outas notícias do município de Potiraguá, clicando aqui.

Sudoeste da Bahia: Jovem é assassinato a tiros em via pública


Verón Borges Santos, 19 anos, morreu após ser atingido por projétil de arma de fogo na tarde desta sexta-feira (05) na Av. Brasília, região central de Condeúba. Segundo populares, pelo menos quatro disparos foram ouvidos. A vítima chegou a ser socorrida pela equipe do SAMU – 192 e encaminhada para o Hospital Municipal de Condeúba, mas não resistiu aos ferimentos. Também nesta sexta-feira um homem de 35 anos foi baleado na Fazenda Queimadas, zona rural do município. Após receber os primeiros atendimentos no Hospital Municipal, Reginaldo Pereira da Costa foi encaminhado para Vitória da Conquista onde deverá passar por uma cirurgia para retirada da bala que ficou alojada na região abdominal. Um dos crimes aconteceu na região central da cidade.

Ainda não é possível afirmar se há relação entre os dois crimes ocorridos na cidade, mas a polícia não descarta esta possibilidade. As suspeitas são de que a morte de Verón e a tentativa de homicídio de Reginaldo tenha relação com o tráfico de drogas na cidade.

Segundo divulgado pelo site Folha Regional de Condeúba, funcionários da unidade de saúde teriam recebido a informação de que os autores do crime estavam com a intenções de invadir o Hospital para “concluir o serviço” e matar Reginaldo. A polícia foi acionada e segue nas investigações. Com dados do Informe Cidade.

No pátio do Hospital Cristo Redentor, ladrão furta motocicleta em plena luz do dia


A Polícia Civil de Itapetinga procura por informações que possam ajudar na localização do paradeiro da motocicleta furtada no pátio do Hospital Cristo Redentor, administrado pela fundação José Silveira, na tarde da última sexta-feira (5). Os agentes também estão investigando o paradeiro do autor do crime, que conseguiu deixar o local com o veículo furtado sem levantar nenhuma suspeita.

A vítima é uma jovem de 21 anos, que trabalha como flebotomista (recolhe amostras de sangue de pacientes para análises). Em contato com o site Itapetinga Repórter, ela informou que chegou ao local de trabalho por volta das 14h30 e no fim da tarde foi pegar a moto onde havia estacionado, entretanto, não encontrou o veículo.

O caso foi registrado no Complexo Policial da cidade. Imagens de câmeras de segurança poderão auxiliar a polícia nas investigações do caso.

A motocicleta furtada é uma Honda/CG 160, de cor preta, placa PKK-9102, licenciada em Itapetinga-BA.

Utilidade pública/Polícia Civil de Itapetinga

 

Conquista volta a ser destaque no Jornal Nacional; choveu quase 100 milímetros na cidade (assista)


O temporal que caiu na tarde desta quarta-feira (03), em Vitória da Conquista, foi destaque nos principais telejornais do estado, inclusive, no telejornal de maior audiência do país, o Jornal da Nacional.

Ancorado por Heraldo Pereira e Giuliana Morrone, que estão tirando as férias dos titulares, William Bonner e Renata Vasconcelos, durante a previsão do tempo, que está sendo apresentada por Eliana Marques, também, por causa das férias de Maju Coutinho, a garota do tempo separou como um dos destaques do tempo desta quarta-feira a forte pancada de chuva que caiu em Vitória da Conquista.

Na ocasião, Eliana Marques destacou as enxurradas e alagamentos que tomaram conta de diversas ruas da cidade. Para conferir tudo o que foi mostrado durante a previsão do tempo do Jornal Nacional basta clicar aqui.

Vídeo: idosa completa 104 anos e diz ser virgem


Dona Raimunda tem 104 anos e mora em Maranguape, no Ceará. Em entrevista ao programa Gente na TV, da TV Jangadeiro/SBT, ela revela que nunca teve um amor.

A idosa conta que a mãe morreu quando ela tinha 10 anos e, por isso, priorizou ajudar o pai a criar as irmãs. “Nunca encontrei e nem vou encontrar o homem da minha vida”, afirma.

Dona Raimunda acha que esse é o segredo de tanta vitalidade. Veja todos os detalhes no vídeo do Gente na TV, da TV Jangadeiro/SBT.
Veja o vídeo: