Bahia: Tiros e muita confusão durante festa após vitória de Bolsonaro; houve briga entre partidos rivais

A Polícia Militar (PM) isolou, na noite deste domingo (28), um trecho do Rio Vermelho, em Salvador, após confronto entre militantes de partidos políticos rivais. O policiamento foi reforçado na região em que uma estudante de 24 anos foi agredida por policiais militares

A confusão começou durante passagem de alguns veículos que comemoravam o resultado da eleição para presidente da república. Alguns objetos foram atirados nos carros. De acordo com a versão da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), os PMs teriam sido agredidos, usando força proporcional para responder.

Segundo testemunhas ouvidas pelo jornal Correio, a jovem foi agredida por volta das 19h30 por um policial quando a irmã dela, Janaína Barata, 20 anos, tentava evitar uma discussão entre eleitores de Fernando Haddad (PT) e apoiadores do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Durante uma condução até a viatura, foi dado um disparo de arma de fogo para cima, com objetivo de dispersar um grupo que acompanhavam os policiais.