Caatiba. Preso suspeito de torturar e matar amigo no interior de SP


F
Complexo Policial de Itapetinga/Foto: arquivo

A Polícia Civil de Caatiba, no interior da Bahia, cumpriu mandado de prisão temporaria, na manhã desta segunda-feira (9), em desfavor de Cosme Pereira de Jesus, também conhecido por Téo. A ordem para prendê-lo partiu da Justiça Criminal da Comarca de Santo André, no interior de São Paulo. Isso aconteceu porque, segundo a polícia, o homem é suspeito da morte de José Nilson Pereira Martins, crime ocorrido em abril do ano passado.

A polícia paulista descobriu que Cosme e José eram colegas de trabalho e no dia do crime saíram juntos para fazer um carreto. Horas depois, o corpo de José foi encontrado carbonizado e com sinais de tortura, na estrada do Maranhão, no Parque Pedroso, em Santo André. Após o ocorrido e com a repercussão do caso, Cosme desapareceu da cidade. Ele retornou para o município de Caatiba (sua terra natal), juntamente com a família. As investigações apontaram ainda que Cosme estava devendo dinheiro para a vítima, o que pode ter motivado o crime.

O preso disse que no dia do crime saiu normalmente para fazer um carreto com o seu colega de trabalho, quando foram surpreendidos por três indivíduos. Ele conseguiu fugir dos criminosos, mas, José não teve a mesma sorte. Foi capturado e teve alguns membros do corpo quebrados durante a sessão de tortura.

O denunciado está preso no Complexo Policial de Itapetinga, mas será transferido para o Estado de São Paulo nos próximos dias. A prisão dele é por 30 dias, porém,  pode ser prorrogada por igual período ou convertida em prisão preventiva.
Clique em Curtir e fique bem informado