Itapetinga: Homem procurado por homicídio é preso pela Polícia Civil

Uma equipe da Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão preventiva em desfavor de Franklin Sousa da Silva, de 29 anos, procurado pela justiça por causa de um homicídio ocorrido em julho de 2013, em Itapetinga. A ocorrência policial aconteceu  na rua Betânia, bairro Nova Itapetinga, depois que os policiais receberam informações do paradeiro do … Leia Mais


Itapetinga: Jovem é preso com revólver após homicídio

A Polícia Civil de Itapetinga prendeu no fim da manhã desta quinta-feira (18) um jovem de 26 anos, identificado como José Caio Santos de Sousa, sob acusação de posse ilegal de arma de fogo. Segundo a polícia, ele foi localizado pelos os investigadores em uma casa na travessa 18, no bairro Nova Itapetinga, onde durante … Leia Mais



Carro capota e motorista fica ferido em Itapetinga

Um motorista deu entrada no hospital Cristo Redentor depois de um capotamento na BA-263, trecho da rodovia que liga os municípios de Itapetinga e Itambé, no fim da manhã desta quarta-feira (17). Caíque Machado é morador do município de Itambé e viajava em direção a cidade de Itapetinga quando aconteceu o acidente, registrado por volta … Leia Mais


Bahia: Vereadores são afastados por usar dinheiro público para compra de gado

Quatro vereadores da cidade de Itapé, localizada no sul da Bahia, foram afastados das funções por tempo indeterminado após suspeita de desvio de dinheiro público. A ordem judicial foi emitida nesta terça-feira (16). Os afastamentos ocorreram durante uma operação do Ministério Público Estadual (MP-BA) junto com a Polícia Militar, que cumpriu mandados de busca e … Leia Mais


Bahia: Professor universitário acusado de crimes sexuais tem prisão domiciliar concedida

O professor da Universidade Estadual da Bahia (Uneb), Thiago de Oliveira Moreira, teve a prisão domiciliar concedida pela Justiça. Na tarde desta terça-feira (16), o 12° Batalhão da Polícia Militar (BPM/Camaçari) escoltou o professor até sua casa, em Salvador.

Thiago tinha se apresentado, no 12° BPM/Camaçari, no último sábado (13), após ter a prisão preventiva decretada na quinta-feira. Por ordem da Justiça, o professor ficou custodiado no local até esta terça.

Denúncias

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) tinha pedido a prisão do professor com base em depoimentos e provas apresentadas por mais de uma dezena de alunos e alunas, que relataram crimes de assédio sexual, ameaças e lesões corporais. Além disso, ele também é suspeito pela prática de crimes contra a administração pública, como prevaricação e supressão de documentos públicos.

Segundo o MP-BA, Thiago, que também atua como advogado, é professor da Uneb desde 2007. Ele já ocupou o cargo de coordenador do Colegiado de Direito do Campos IV, sediado em Jacobina, e lecionava também em Irecê e Itaberaba. Ele atualmente acumula a função de professor com a de procurador jurídico de Morro do Chapéu.

Em razão do número elevado de vítimas, o Ministério Público do Estado da Bahia disponibilizará suporte psicológico e assistencial às vítimas e testemunhas. O agendamento pode ser feito pelo telefone (74) 3621-2212. As informações sobre as vítimas serão preservadas.


Itapetinga: Jovem é preso e outro é baleado pela polícia depois de roubo a estudantes da Unopar

Na noite desta terça-feira (16), dois jovens foram surpreendidos por uma equipe da Polícia Militar logo após um assalto à mão armada contra três estudantes da Unopar, na Rua Luiz Viana Filho, no Bairro Quintas do Morumbi, na cidade de Itapetinga, no Sudoeste da Bahia.

As vítimas, que são de uma cidade vizinha, disseram que estavam mexendo no celular, nas proximidades da universidade, quando foram abordadas pela dupla. Um dos acusados anunciou o assalto e gritou “joga o radinho no chão e saí correndo”. Durante o roubo, um dos estudantes chegou a escutar o barulho da arma sendo engatilhada.

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada e chegou rapidamente ao local. Os suspeitos estavam a pé e foram localizados em frente a Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB).

Segundo a polícia, ao visualizar a viatura, um dos jovens sacou um revólver da cintura e apontou em direção aos militares, que atiraram em seguida e balearam o suspeito. José Bruno Cerqueira Almeida, de 19 anos, foi socorrido e levado para o Hospital Cristo Redentor, mas, provavelmente, não corre risco de morte.

Ainda no local, os policiais prenderam o segundo acusado do assalto, identificado como Dhiemeson Oliveira, de 24 anos. O revólver calibre 32, usado no crime, municiado com 3 cartuchos, foi apreendido.

 

Os policiais fizeram buscas no interior da AABB (local está praticamente abandonado), porém não encontraram os celulares roubados. A principal suspeita é que os acusados tenham repassado os aparelhos para um outro indivíduo, o qual também estava nas proximidades do local do assalto.

Uma equipe da Polícia Civil esteve no hospital para colher informações do caso e registrar a ocorrência.

Ao Itapetinga Repórter, o preso disse que é inocente da acusação de roubo, pois encontrou com Bruninho por acaso e não sabia que o amigo estava armado, tão pouco tinha roubado alguém.

O flagrante foi apresentado no Complexo Policial, onde Dhiemeson acabou autuado em flagrante, ficando preso, à disposição da justiça. Ainda em estado de choque, as vítimas também foram conduzidas para a delegacia, onde prestaram depoimento a respeito do assalto e liberadas em seguida.

José, mais conhecido como Bruninho, segue hospitalizado e, quando receber alta médica, será apresentado na delegacia.


Itapetinga: Menina é encontrada morta dentro de casa

Uma equipe da Polícia Civil juntamente com o Departamento de Polícia Técnica (DPT) deslocaram-se até uma residência, localizada na Travessa 6, no Bairro Nova Itapetinga, onde realizaram o levantamento cadavérico de uma criança de 11 anos.

Ela foi encontrada morta na casa de um parente e a Polícia Civil foi acionada para investigar o caso. Os policiais foram informados que a vítima nasceu com sérios problemas de saúde e, desde então, lutava pela vida.

A Polícia Civil colheu o depoimento da mãe da menor e aguarda o resultado do trabalho da Polícia Técnica, mas a principal suspeita é que a menina tenha sido vítima de morte natural.


Região de Itapetinga: Caminhão carregado de álcool tomba na BA-270

Um caminhão Mercedes Benz, carregado de álcool, tombou na BA-270, trecho que liga os municípios de Itapetinga e Potiraguá. A ocorrência de trânsito aconteceu no último dia 5, mas somente na manhã desta segunda-feira (15), que a vítima procurou a polícia para registrar o caso.

O acidente ocorreu por volta das 6h20, nas proximidades da região conhecida como “Cavalo Preto”.

O motorista informou que perdeu o controle da direção do caminhão ao tentar desviar de um cavalo no meio da pista. Ele disse ainda que parte da carga foi saqueada por pessoas que passaram pelo local logo após o acidente.

O condutor do caminhão, que seguia sentido a cidade de Potiraguá, não se feriu.

Furto de gado
Bandidos invadiram uma fazenda, próximo a ponte do Rio Pardo, no município de Itapetinga, e abateram duas vacas paridas. A segunda vaca, os criminosos furtaram o quarto traseiro do animal e deixaram para trás uma faca do tipo peixeira. A vítima informou que desde março de 2018 que bandidos estão invadindo a propriedade e furtando os animais. A Polícia Civil está investigando o caso.


Conquista: Professora da Uesb é agredida por apoiar candidato à presidência da República

Na última semana, a professora Marília Flores Seixas de Oliveira foi alvo de violentas agressões verbais e físicas, que obrigaram a realização de exame de corpo de delito em unidade policial. O gatilho que detonou a fúria agressora do envolvido foi adesivos, com indicativos de apoio a um candidato à presidência da República, ostentados por duas pessoas que estavam em companhia da professora.

A agressão sofrida pela professora já foi alvo de manifestações de repúdio por parte da Direção do Departamento de Filosofia e Ciências Humanas (DFCH) e da Associação dos Docentes da Uesb (Adusb). Da mesma forma que essas entidades, a Reitoria da Universidade entende que não podemos aceitar como normais movimentos e atitudes que recorrem à agressão e à violência para silenciar os diferentes – diferentes por suas convicções políticas, por sua cor, por sua origem social, por sua orientação sexual, por seu gênero, por sua identidade étnica.

Marília Flores Seixas de Oliveira é professora do Departamento de Filosofia e Ciências Humanas da Uesb, doutora em Desenvolvimento Sustentável pela Universidade de Brasília e, atualmente, desenvolve curso de pós-doutorado junto à Universidade Federal da Bahia. É professora de diferentes disciplinas vinculadas à área de Antropologia Cultural e docente permanente do Programa de Mestrado em Letras: Cultura: Educação e Linguagem. Foi orientadora de – e continua orientando – dezenas de trabalhos de iniciação científica, de monografias, de especialização e de dissertações de mestrado em nossa Universidade.

A Uesb não admite, em seus ambientes próprios, condutas discriminatórias e antidemocráticas. E se permite, também, defender para a sociedade projetos de organização coletiva baseados na valorização da diversidade, da dignidade e da humanidade.

Hoje, dia 15 de outubro, é Dia do Professor. Em homenagem à professora Marília e a todos os docentes e todas as docentes da Uesb, lembramos que, como dizem, lugar de professor é na sala de aula. Mas lugar de professor é também no laboratório, nos comitês de pesquisa, de extensão, de ensino; nos grupos de pesquisa; nas coordenações de curso; nas reuniões com os estudantes e com os servidores técnicos; nas direções dos departamentos, nas plenárias debatendo e discutindo os caminhos da universidade pública.

Lugar de professor é também nas ruas, defendendo seus direitos de cidadania e defendendo os direitos de todos à cidadania.

Na Uesb, lugar de professor é na sala de aula e em todo lugar em que se produz saberes em nome da utopia de um mundo melhor. Lugar de professor é lugar do presente e do futuro. Da realidade e do sonho. Do saber e do fazer.

Por isso, nossas homenagens aos professores e professoras da Uesb, e, em especial, à professora Marília Flores Seixas de Oliveira. (UESB)