Em Itapetinga, mãe e filha são presas acusadas de tráfico de drogas



Mãe e filha foram presas na noite desta quinta-feira (21), sob acusação de tráfico de drogas, depois de uma abordagem do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto), na Rua Corinthians, no Bairro Primavera, em Itapetinga.

A prisão aconteceu quando os policiais receberam informações de movimentação de tráfico na localidade.

Conforme o Boletim de Ocorrência, os PMs visualizaram Míriam Teixeira Fontes de Souza descartando uma meia com 88 pinos e 4 pedaços grandes de crack. Ainda durante as buscas, os militares apreenderam 10 buchas de maconha, 7 celulares e mais de um mil reais. A segunda acusada foi identificada como Valéria Teixeira de Souza.

O flagrante foi apresentado no Complexo Policial de Itapetinga. Mirian e Valéria foram autuadas em flagrante delito e estão presas, à disposição da justiça.

Imagens das acusadas não foram divulgadas para a imprensa, ainda.

Acusado de matar delegado de Barra da Estiva-BA é morto em confronto com a Policia



Um homem acusado na morte do delegado de Barra da Estiva, na Chapada Diamantina, Marcos Antônio Torres , morreu em uma ação policial em Utinga, na mesma região. Amauri Francisco de Souza, o “Babá”, também era o “Oito de Paus” do Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA). Um comparsa de Babá, identificado como “Van do Cocau”, também teria entrado em confronto com policiais e veio a óbito. Os dois foram encontrados em uma região de matagal, na zona rural da cidade.

Segundo a SSP-BA, uma plantação com quase 12 mil pés de maconha também foi localizada. A área funcionava como esconderijo de luxo com chuveiro elétrico, wifi e uma geladeira bem abastecida para manter a dupla. Ainda segundo a SSP-BA, além de sequestro, Babá tinha outros seis mandados de prisão em aberto por associação criminosa, homicídio qualificado, tráfico de drogas, extorsão mediante sequestro, roubo e porte ilegal de arma. Era investigado, ainda, por um triplo homicídio ocorrido em Souto Soares, também na Chapada. (mais…)

Sargento acusado de estupro em Itapetinga: laudo pericial dá negativo; assista


Com exclusividade, o jornaslimo do itapetingareporter.tv volta a falar sobre uma denúncia de estupro, na qual um sargento da Polícia Militar é acusado de estuprar a própria sogra. O caso foi denunciado à polícia em agosto do ano passado e gerou grande repercussão na mídia. Na época, o sargento chegou a ser preso e levado para Salvador. A suposta vítima passou por exame e o laudo pericial deu negativo. Agora, com o documento em mãos, o militar resolveu falar sobre o caso. Confira!

Itapetinga: Adolescente é roubada no Camacã


Foto: ilustrativa

Uma adolescente de 16 anos teve o celular roubado por dois homens em uma motocicleta, nas proximidades da Concha Acústica, no bairro Camacã, em Itapetinga. O crime aconteceu na noite desta quarta-feira, dia 20.

O crime aconteceu quando a estudante caminhava sozinha na localidade. O garupa, segundo ela, estava armado com um revólver.

As investigações do caso são de responsabilidade da Polícia Civil.
Veja também

Itapetinga: Acusado de tráfico é preso pela Polícia Militar


Um homem de 33 anos  foi preso sob acusação de tráfico de drogas durante uma abordagem do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto), no fim da manhã desta quarta-feira (20), em Itapetinga.

A prisão de Cleiton Silva Rodrigues aconteceu na rua Carmélio de Sá, no bairro Américo Nogueira, durante ronda de rotina.  No momento da abordagem, o conduzido estava na porta de  uma residência, onde também funciona um bar.

 

Segundo a polícia, durante as buscas, os militares apreenderam maconha e crack, no quintal da casa do acusado. Um celular e duzentos e dezessete reais também foram apreendidos.

O flagrante foi apresentado no Complexo Policial de Itapetinga, onde Cleiton acabou autuado em flagrante por tráfico de drogas, ficando preso, à disposição da justiça.

Veja também

Bahia: Bebê abandonado na rua é resgatado por policiais militares


Foto: reprodução

Fragilizado e faminto. Um recém-nascido abandonado foi resgatado por uma equipe da 81ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/ Itinga). O bebê foi achado após denúncia de populares, na região da rotatória de Vida Nova, em Lauro de Freitas.

De acordo com o titular do Comando de Policiamento da Região Metropolitana de Salvador, coronel PM Alfredo José Souza Nascimento, o menino estava vestido com fralda descartável e enrolado em uma mantinha. Levado para o Hospital Geral Menandro de Farias, Estrada do Coco, onde recebeu atendimento especializado, ele passa bem. O oficial revelou que não há informações sobre os pais da criança.

Bahia: Mulher é presa por tortura após colocar sabonete na boca da filha para fazer bebê parar de chorar


Uma mulher foi presa suspeita de torturar a filha de um ano e cinco meses, na manhã desta terça-feira (19), no município de Amélia Rodrigues, a cerca de 80 quilômetros de Salvador. Conforme a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), a suspeita confessou o crime.

Segundo a SSP, a mulher teria dado tapas na menina e até colocado um sabonete na boca da criança para fazer ela parar de chorar. Após as agressões, a menina foi entregue ao Conselho Tutelar.

De acordo com informações da SSP, a mulher, identificada como Rose Vane Teixeira Bispo, foi presa por policiais militares da 20ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Santo Amaro), após a equipe médica do Hospital Municipal Pedro Américo, local onde o bebê foi socorrido após as agressões, desconfiar da versão apresentada pela mulher.

De acordo com a SSP, Rose Vane Bispo disse aos médicos que ela tinha deixado a filha em casa e que ao retornar, encontrou o bebê espancado com um sabonete na boca. Durante o interrogatório, a mulher mudou a versão e disse que deu tapas no rosto e que colocou o sabonete na boca dela, pois ela chorava muito.

A Secretaria de Segurança Pública informou que o sabonete foi encontrado pelos policiais militares e civis dentro da casa de Rose Vane Bispo, na localidade da Mata Velha, com marcas de sangue vindo da garganta da bebê. Os médicos informaram a polícia que a menina não morreu por causa da agilidade do socorro prestado pela unidade.

Ainda segundo a SSP, Rose Vane Bispo foi autuada por crime de tortura e teve mandado de prisão preventiva pedido à Justiça. O caso segue sob investigação da Polícia Civil de Amélia Rodrigues.

Itapetinga: “Prisão” de funcionário da Pax Perfeição não passou de brincadeira de mal gosto


Segurança pública é um dos principais problemas do Brasil, no entanto, ainda tem gente que brinca com um assunto tão sério.

Nesta segunda-feira (18), uma fotografia de um funcionário da funerária Pax Perfeição em Itapetinga foi compartilhada por milhares de pessoas nas redes sociais, principalmente em  grupos de whatsapp.

A foto foi registrada com o banner da 8ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Itapetinga) e junto com a imagem a seguinte legenda: “segundo informações, foi preso em Macarani, aliciamento de menores e estelionato”.  

O Itapetinga Repórter entrou em contato com a polícia, que descartou a informação de prisão com relação ao funcionário da funerária.

Questionada pela reportagem, a empresa disse que a foto foi publicada no grupo de  whatsapp da própria funerária, mas a brincadeira foi parar em outros grupos, sendo compartilhada inúmeras vezes, inclusive, em cidade da região.  

O cidadão em questão é bastante conhecido na cidade, pai de família e de conduta ilibada.

Não há informações de  quando e onde a foto foi registrada ou se trata de uma montagem.

Jaques Wagner é intimado a prestar contas de convênio de 2007 ao Ministério do Turismo


O ex-governador e atual senador da Bahia, Jaques Wagner (PT), foi intimado pelo Ministério do Turismo para esclarecer pendências relacionadas à prestação de contas de um convênio firmado em 2007 com o governo do estado, segundo informações da coluna Satélite. Neste período, o petista esteva à frente do Executivo estadual, e o ministério tem feito cobranças para a entrega da documentação pendente para comprovar a regularização do projeto.

 

Ainda conforme a coluna, a intimação foi feita através da publicação de um edital no Diário Oficial da União (DOU). A pasta estabeleceu um prazo de 15 dias para que o ex-governador da Bahia responda aos questionamentos. De acordo com a Satélite, Jaques Wagner solicitou a prorrogação prazo para entrega da documentação, e o pedido foi aceito pela pasta.

 

O contrato em questão recebeu verba no valor de R$ 1 milhão, e diz respeito a implementação do projeto Operação Verão, voltado para qualificação de policiais, taxistas, profissionais e empresários relacionados aos serviços turísticos, além de pesquisa de diagnóstico com foco no turismo de aventura. (BN)

Jovem morto por segurança em supermercado tinha um filho e lutava contra as drogas


Nem os gritos de Dinalva Oliveira, implorando que o segurança de um supermercado da Barra da Tijuca soltasse seu filho Pedro Oliveira Gonzaga, de 19 anos, enquanto ele sofria o golpe conhecido como mata-leão , foram suficientes para salvar o rapaz. Naquela tarde da última quinta-feira, ela parou na Praça de Alimentação do estabelecimento com o jovem para almoçarem, antes de levá-lo a uma clínica de reabilitação para dependentes químicos em Petrópolis. A mala de Pedro já estava no carro. De repente, ele se levantou e, segundo uma amiga da família, teve um surto, uma alucinação. Em depoimento à Delegacia de Homicídios da Capital, o segurança que lhe aplicou o golpe contou que Pedro tentou tirar a arma dele e, apesar de haver outros seguranças, ele disse ter agido em legítima defesa.

A ação durou cerca de quarto minutos. Enquanto a mãe pedia clemência para o filho, o segurança respondia, aos berros, que ela mentia sobre a situação do filho estar ficando roxo.

Não era a primeira vez que Pedro seria internado. Jovem de classe média da Barra, a família lutava para que deixasse as drogas. A fim de mantê-lo em casa, o padrasto, o comerciante Newton Filho, montou um estúdio para Pedro, com mesa de mixagem e aparelhagem de som. Mas, em agosto de 2017, ele agrediu o padrasto por ter lhe tirado o cachimbo de narguilé, usado para fumar maconha, que ficava no seu quarto. A raiva do jovem chegou a ponto dele ameaçar Newton:

“Quando eu te pegar lá fora vou te encher de porrada!”, teria dito Pedro, segundo depoimento do padrasto na 16ª DP (Barra da Tijuca).

Jovem morreu após ser imobilizado por segurança Foto: Reprodução

No condomínio de classe média onde a família mora, o clima é de consternação. “Ela estava levando ele para a clínica. Está acabada, sedada. Não lhe deram chances de defesa”, disse uma amiga.

Pelo Facebook de Pedro é possível ver que a nova paixão dele era o filho, de menos de um ano, fruto da relação com uma jovem de 17 anos. A família costumava viajar de férias para lugares turísticos no Brasil. Uma das últimas viagens, há pouco mais de um ano, foi para Gramado, no Rio Grande do Sul. Nas redes sociais da mãe, há registros também em Búzios e Visconde de Mauá, no Rio.