Rui sobre o presidiário Lula: ‘Não tenho vergonha de ser aliado’

Visto como uma figura petista distante pela cúpula do PT, o governador Rui Costa (PT) negou que a aproximação com a imagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nessas eleições tenha um viés eleitoral. “Acho que é uma questão de justiça e solidariedade com quem fez o melhor governo desse país. Eu não … Leia Mais


Apresentado por Lula, Haddad chega a segundo lugar em pesquisa

Fernando Haddad (PT), candidato a vice-presidente na chapa de Luiz Inácio Lula da Silva, aparece em segundo lugar em pesquisa de intenção de voto para o Palácio do Planalto quando seu nome é posto como o indicado pelo ex-presidente que está preso em Curitiba. De acordo com a pesquisa publicada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, … Leia Mais



Itapetinga: Ex-prefeito José Carlos é multado pelo TCM

Na sessão desta terça-feira (31/07), o Tribunal de Contas dos Municípios julgou parcialmente procedente a denúncia formulada pelo Ministério Público Estadual contra o ex-prefeito de Itapetinga, José Carlos Cerqueira Moura, por suposta irregularidade na aquisição de merenda escolar e ausência de cadeiras nas unidades da rede municipal de ensino, no exercício de 2014. O relator … Leia Mais



Após deixar prisão, José Dirceu curte mar e piscina em casa na Bahia

Após deixar a prisão no dia 27 de junho, José Dirceu tem curtido seus momentos livres na Bahia. Em uma foto divulgada no site O Tabuleiro, o ex-ministro aparece sem camisa, com amigos, em Ilhéus, no sul baiano.

Ele deixou o Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, na madrugada desta quarta-feira (27). Dirceu foi beneficiado por um habeas corpus da Segunda Turma do STF(Supremo Tribunal Federal), que, por 3 votos a 1, entendeu que o ex-ministro pode responder ao processo em liberdade por haver chances de sua pena ser reduzida nos tribunais superiores — o julgamento foi marcado por um embate entre os ministros Dias Toffoli e Edson Fachin.

O petista chegou ao município em voo particular no aeroporto Jorge Amado, acompanhado da esposa e filha. Dirceu se encontra hospedado na casa de praia de um amigo, empresário conhecido na região.


Bolsonaro se esconde no banheiro para escapar de xingamentos

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) teve que se esconder no banheiro na tarde desta terça-feira (3) para escapar de uma passageira que passou a cercá-lo e a chamá-lo de “lixo” na sala de embarque do aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

Quase sempre acompanhado nos terminais por seguidores que o aplaudem, gritam palavras em seu apoio e o seguem fazendo vídeos, fotos e selfies, o pré-candidato à Presidência viveu a situação adversa quando se preparava para embarcar num voo da Gol para Brasília.

A mulher chegou a se jogar no chão, preocupando outros passageiros que observavam a cena. Bolsonaro confirma o episódio. “A senhora se aproximou, pelo que tudo indica, bastante embriagada, se encostando. Eu saí de perto, é lógico. Ela chegou a cair no chão sozinha”, relata.

“Eu lamento, lamento o ocorrido. E lamento que não havia pessoa adequada [seguranças ou funcionários] no aeroporto para resolver o assunto. Até porque, pelo que eu acho, ela não poderia embarcar num estado desses”, disse o candidato. (Folhapress)


Pesquisa DataPoder360: Bolsonaro lidera todos os cenários sem Lula

A pesquisa do instituto DataPoder360 revelou que Jair Bolsonaro (PSL) segue na liderança isolada na corrida pela Presidência da República. Nos três cenários testados, o deputado federal pontua de 21% a 25%, conforme a combinação de nomes apresentados, sem a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ciro Gomes (PDT) se consolidou em segundo, com média de 12%. Pela primeira vez neste ano de 2018 o nome do ex-prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) foi testado como candidato a presidente (no momento, ele é pré-candidato ao governo paulista) e teve apenas 6%. Isso o coloca em situação de empate técnico com o nome oficial da pré-candidatura tucana ao Planalto, Geraldo Alckmin, que pontua 6% ou 7%, a depender do cenário. O levantamento DataPoder360 é o maior já realizado pela divisão de pesquisas do portal Poder360. Desta vez, foram 10.500 entrevistas por meio de telefones fixos e celulares. Foram atingidas 349 cidades em todas as regiões do país, de 25 a 31 de maio. A margem de erro para o total da amostra é de 1,8 ponto percentual, para mais ou para menos. O registro do estudo no TSE é BR-09186/2018.


PT quer gravar vídeo de Lula na prisão para campanha presidencial

Com os trabalhos voltados para a pré-candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o Partido dos Trabalhadores vai tentar gravar um vídeo inédito de dentro da prisão. O objetivo é exibir o material no lançamento da candidatura do petista, na cidade de Contagem, em Minas Gerais, na próxima sexta-feira (8). A informação é do blog Painel, da Folha de S. Paulo. De acordo com a publicação, o advogado do partido, o ex-ministro Eugênio Aragão vai participar de uma audiência com a juíza Carolina Moura Lebbos, responsável pela pena de Lula, nesta segunda-feira (4). A efetivação da candidatura do ex-presidente ainda é incerta, já que como foi condenado em segunda instância, ele se enquadra na Lei da Ficha Limpa, que o impediria de registrar sua participação no pleito.


Ministro do STF ordena envio de inquérito contra Antonio Brito para Justiça Eleitoral

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), ordenou o envio do inquérito contra o deputado federal Antonio Brito (PSD-BA) para a Justiça Eleitoral da Bahia. A determinação foi dada em despacho assinado na terça-feira (29) pelo ministro. Para justificar a decisão, Moraes afirmou que, como o caso investigado não se refere ao exercício do mandato do parlamentar, o processo não deveria ficar no STF – recentemente, a Corte resolveu restringir o foro privilegiado dos congressistas. O inquérito apura a acusação feita por delatores da empreiteira Odebrecht à Procuradoria-Geral da República (PGR) de que Brito teria recebido R$ 100 mil da empresa e mais R$ 130 mil da Braskem nas campanhas eleitorais de 2010 e 2014, respectivamente, como repasses de caixa 2. Ainda segundo a delação, o deputado teria pedido também, em 2010, R$ 200 mil para a campanha de seu pai, o vereador Edvaldo Brito, que, na época, concorria do Senado. No entanto, o próprio ministro do STF havia determinado no dia 15 de março de 2018 o arquivamento e exclusão da vinculação do nome de Edvaldo no inquérito. De acordo com os delatores, Brito e Edvaldo seriam, respectivamente, os donos dos apelidos “Misericórdia” e “Candomblé” nas listas de propina da Odebrecht.  (BN)