Feminicídio em Iguaí: Preso acusado de matar mulher com fio de energia



Por Itapetinga Repórter

 

O homem  acusado de matar a esposa com um fio de energia  no fim da tarde do último domingo (14), na cidade de Iguaí, foi preso preventivamente pela Polícia Civil. Adriano Sousa Santos é apontado pela polícia como autor do estrangulamento, que teve como vítima  Zilma Santos de Oliveira, de 35 anos, com quem vivia há quatro anos.

Por volta das 10h30 desta quarta-feira (17), o trabalhador rural foi apresentado pelo advogado na delegacia do município, mas a Polícia Civil  já tinha conseguido o mandado de prisão temporária em desfavor dele. Adriano recebeu voz de prisão por feminicídio assim que chegou a delegacia.

O  crime, que aconteceu na Rua Bernardo Souza Cunha, Bairro Netanias Veiga,  teve grande repercussão na cidade e região. O corpo da vítima estava em um dos quartos da casa, trajando apenas short, com um fio de energia preso ao pescoço, segundo a polícia.  

Durante depoimento na delegacia, o acusado disse que não se lembra de nada e que após o ocorrido ficou vagando pelo município. Ele não tinha passagens pela polícia nem a vítima havia registrado alguma ocorrência em desfavor do companheiro.

O casal não tinha filhos, mas a Polícia Civil ouviu familiares e pessoas. A principal suspeita é que o crime tenha sido motivado por ciúmes.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no  canal, clicando aqui! Lá no  Youtube é só clicar no botão vermelho inscrever-se.

Vídeo de arquivo..