Iguaí: Ação policial para prender foragido da justiça termina com homem morto, droga apreendida e pessoas presas

O jovem Gabriel Santos Pinto, de 20 anos, morreu durante uma troca de tiros com policiais civis e militares, no começo da tarde desta quinta-feira (8), em uma fazenda localizada no município de Iguaí, distante 102 quilômetros de Itapetinga.

Tudo aconteceu depois que a Polícia Militar local recebeu informações dando conta que um homem (procurado pela justiça) estaria escondido na propriedade rural, situada na região de Ribeirão das Flores. Em seguida, os PMs deslocaram-se para o local citado na denúncia juntamente com uma equipe da Polícia Civil. O principal objetivo da ação conjunta era cumprir o mandado de prisão contra Vitor Andrade de Jesus, que responde por tráfico de drogas e homicídio.

Segundo a polícia, pelo menos sete bandidos estavam na fazenda quando os agentes chegaram, inclusive, o próprio Vitor, que consegui fugir juntamente com dois indivíduos.  Enquanto Vitor fugia, Gabriel atirava na direção dos policiais de dentro de um casebre. Os agentes atiraram de volta e balearam o jovem, que não resistiu e morreu no hospital Manoel Martins Souza. Ele tinha passagem na delegacia de Iguaí por roubo.

Ainda segundo a polícia, a fazenda pertence ao pai de Gabriel e o casebre era usado para embalar, pesar drogas e revender na cidade. Na ação, além do revólver calibre 38, carregado com 5 munições, sendo 4 deflagradas, os policiais apreenderam 624 buchas de maconha, 163 gramas da mesma droga em formato de tablete e uma balança.

No local, os policiais prenderam Wagner de Jesus Santos, também conhecido como “Perneta”, Rai de Jesus Sena de Oliveira e Willian Silva dos Santos. Eles foram autuados em flagrante pelo crime de tráfico de drogas pela delegada plantonista Christie Correia e permanecem presos, à disposição da justiça.

O corpo de Gabriel, também conhecido como ‘Gabriel Zera’, foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Itapetinga.