Itapetinga: “A culpa foi dela”, diz motorista detido por embriaguez ao volante, após atropelar professora


O homem detido pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE) na noite de quinta-feira (21), sob acusação de embriaguez ao volante, foi colocado em liberdade na manhã desta sexta-feira (22), após pagamento de fiança.

A  detenção de Paulo César Oliveira foi realizada por agentes da PRE depois que o acusado bateu com o carro em que dirigia na traseira de uma motocicleta. A colisão aconteceu na rodovia BA-263, próximo a ponte de “Zé Dias”, perímetro urbano da cidade.

No momento do acidente, a moto era pilotada pela professora Mariana Moura Pereira.  Ela foi transferida para o hospital de Base de Vitória da Conquista para melhor avaliação médica. A vítima será ouvida pela Polícia Civil quando deixar o hospital.

Paulo passou pelo teste do bafômetro que constatou 1,09 miligramas  de álcool por litro.

Durante entrevista ao site Itapetinga Repórter, o acusado  afirmou que professora invadiu a pista contrária sem sinalizar e que ele não conseguiu evitar a colisão.  “Naquela ponte tem três faixas, a menina saiu da primeira para a segunda faixa, foi quando aconteceu o acidente. A culpa foi dela”, disse Paulo César.

Assista ao vídeo


Para visualizar a notícia do acidente é só clicar aqui.