Itapetinga: Adolescente é assassinado a tiros no meio da rua


Emerson de Jesus Campos tinha apenas 17 anos e foi assassinado a tiros no começo da madrugada deste domingo,  dia  1º,  na cidade de Itapetinga,  no Sudoeste da Bahia.  O homicídio aconteceu na Travessa 6,  no bairro Nova Itapetinga,  mesma localidade onde a vítima morava com a família.

Conforme informações de testemunhas, que não quiseram se identificar na reportagem, os assassinos surpreenderam o rapaz quando ele estava de “bobeira” na frente de uma residência. No momento da ação,  dois bandidos saíram de um matagal próximo do local do crime e outros dois apareceram numa motocicleta. Para tentar escapar dos criminosos,  a vítima tentou correr,  mas foi baleada e  morta no meio da rua.

Cápsulas de revólver calibre 38 ficaram para trás. O atirador teria recarregado a arma durante o assassinato.

Depois do trabalho do Departamento de Polícia técnica (DPT), o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) para passar por exame de necropsia. Após os procedimentos,  o corpo será liberado para a família da vítima.

Conforme apurou o site Itapetinga Repórter, apesar da pouca idade,   Emerson (também conhecido como “Sapinho”), já teria envolvimento com o tráfico de drogas. Na semana passada,  ele foi espancado por vários suspeitos por causa de uma suposta dívida de drogas.

A Polícia Civil de Itapetinga já deu início às investigações do caso e acredita que a prisão dos autores do homicídio é uma questão de tempo.

Itapetinga: Polícia Militar realiza operação Semana Santa; assista

Assista: Jovem atropelada pelo marido em Itapetinga segue internada em estado grave; família pede que o acusado seja preso

Itapetinga: Marcos Brasil comenta construção de muro; confira

Itapetinga: Mototaxista fica ferido em acidente na Júlio José Rodrigues; assista

Itapetinga: Moradores do Quintas do Sul estão abandonados pela prefeitura e câmara de vereadores; assista

Homem invade palco para ‘salvar’ Jesus


Tudo corria bem durante uma encenação da Paixão de Cristo no município de Nova Hartz, no Rio Grande do Sul, até que um “soldado romano” entra em cena e machuca “Jesus Cristo” com uma “lança”. Neste momento, para surpresa de todos os presentes, um homem invade o palco e dá um golpe de capacete na nuca do “soldado”.

O momento inusitado ocorreu na última Sexta-feira Santa (30). De acordo com o jornal Panorama, da região do Vale do Paranhana, após a primeira agressão, o invasor ainda trocou socos com outro ator e acabou rendido por outros participantes da peça no próprio palco.

Um irmão do agressor apareceu no local e explicou que ele sofreria de surtos psicóticos e teria acompanhamento de medicamentos. Os atores agredidos registraram um boletim de ocorrências.

Itapetinga: Polícia Militar realiza operação Semana Santa; assista


A  Polícia Militar de Itapetinga, no interior da Bahia, realiza a operação Semana Santa.  A operação começou segunda-feira, dia 26 de março,  e vai até as primeiras  horas do dia 2 de abril.  O objetivo é levar mais segurança ao cidadão.

O  ItapetingaRepórter.tv acompanhou  algumas ação da 8ª Companhia   Independente da Polícia Militar (Cipm).  Detalhes, no vídeo abaixo.

Veja também

Assista: Jovem atropelada pelo marido em Itapetinga segue internada em estado grave; família pede que o acusado seja preso

Itapetinga: Marcos Brasil comenta construção de muro; confira

Itapetinga: Mototaxista fica ferido em acidente na Júlio José Rodrigues; assista

Itapetinga: Moradores do Quintas do Sul estão abandonados pela prefeitura e câmara de vereadores; assista

Nova Canaã: Homem mata o próprio irmão a golpes de machado


Um crime brutal chocou os moradores do município de Nova Canaã, no interior da Bahia, no fim da noite dessa terça-feira, dia 27 de março. Um homem matou o próprio irmão a golpes de machado, por volta das 22h30, na fazenda Barra do Riachão, distante 105 quilômetros de Itapetinga.

O homicídio aconteceu por causa de uma desavença familiar. As brigas entre Ivanildo José de Souza, de 42 anos, e Paulo José de Souza, de 32, eram constantes e sempre terminavam em ameaças de morte. No dia do crime, Ivanildo teria ameaçado a própria mãe com um facão.  Paulo não gostou do que viu e foi tirar satisfação. Ivanildo reagiu com golpes de facão, os quais atingiram o rosto e um dos dedos da mão de Paulo. Paulo não pensou duas vezes, armou-se com um machado, não se importou com os pedidos de socorro do irmão e o matou com vários golpes.   A idosa (mãe da vítima e do autor) não pode fazer nada para impedir o crime.

A Polícia Civil do município foi acionada e uma investigadora da delegacia local, com apoio da Polícia Militar, prendeu em seguida o acusado.

Apresentado na delegacia de Itapetinga, onde permanece preso, Paulo José de Souza (foto) confessou o homicídio, informando que na noite do dia do crime havia consumido bebida alcoólica junto com a vítima.

O corpo foi  liberado do Instituto Médico Legal (IML) de Itapetinga, na manhã desta quarta-feira (28),  após  exame de necropsia.

Assista: Jovem atropelada pelo marido em Itapetinga segue internada em estado grave; família pede que o acusado seja preso

Itapetinga: Marcos Brasil comenta construção de muro; confira

Itapetinga: Mototaxista fica ferido em acidente na Júlio José Rodrigues; assista

Itapetinga: Moradores do Quintas do Sul estão abandonados pela prefeitura e câmara de vereadores; assista

Acusado de ser o ‘braço-direito’ do chefe do tráfico em Iguaí, homem é preso com submetralhadora


Uma submetralhadora, várias munições e quatro quilos de maconha, além de um acusado preso. Esse foi o saldo de uma ação da Polícia Civil de Iguaí, distante 95 quilômetros de Itapetinga, na noite de segunda-feira, dia 26 de março. A ocorrência, que aconteceu no Bairro Netanias Alves Veiga, também contou com o apoio da Polícia Militar.

Fotos: divulgação

De acordo com as investigações da polícia, o preso se chama Vanilton Rocha Santos, conhecido por “Doca”. Os investigadores afirmam que ele é o ‘braço direito’ do traficante Vitor Andrade de Jesus, responsável por comandar o comércio de drogas no município.

“Doca” foi autuado por tráfico de drogas, posse ilegal de arma e munição de uso restrito. A prisão dele já foi comunicada a Justiça Criminal.

Veja também

Assista: Jovem atropelada pelo marido em Itapetinga segue internada em estado grave; família pede que o acusado seja preso

Itapetinga: Marcos Brasil comenta construção de muro; confira

Itapetinga: Mototaxista fica ferido em acidente na Júlio José Rodrigues; assista

Itapetinga: Moradores do Quintas do Sul estão abandonados pela prefeitura e câmara de vereadores; assista

Potiraguá: Idoso é espancado e roubado; acusados foram presos


Foto: divulgação

Um idoso de 63 anos foi espancado e roubado, no fim da manhã de segunda-feira, dia 27 de março, por dois jovens no município de Potiraguá, distante 75 quilômetros de Itapetinga.

 

O crime aconteceu na casa da vítima, durante a madrugada, quando a dupla invadiu a residência pelo telhado. Encapuzados e armados com focas, os ladrões tocaram terror, roubando do local um celular, dinheiro e cartões de crédito. O idoso precisou de atendimento médico por causa das agressões.

 

A Polícia Militar local, ao tomar conhecimento do crime, realizou diligências em diferentes pontos da cidade. Dois acusados foram pegos em casa e com eles os PMs apreenderam as facas usadas no roubo, junto com o material subtraído da residência da vítima.

 

Foram apresentados na Polícia Civil de Itarantim, que também responde por Potiraguá, Robson Santos Silva, de 26 anos, e um adolescente, de 17 anos.

 

A dupla ficou detida na delegacia da cidade, á disposição da Justiça.

 

Veja também

Assista: Jovem atropelada pelo marido em Itapetinga segue internada em estado grave; família pede que o acusado seja preso

Itapetinga: Marcos Brasil comenta construção de muro; confira

Itapetinga: Mototaxista fica ferido em acidente na Júlio José Rodrigues; assista

Itapetinga: Moradores do Quintas do Sul estão abandonados pela prefeitura e câmara de vereadores; assista

Sudoeste baiano: Bebê sofre fratura no fêmur após cesárea; hospital alega ‘parto difícil’


Uma recém-nascida teve uma fratura no fêmur da perna direita após um parto cesárea realizado no Hospital Geral de Ipiaú, município do Sudoeste da Bahia. A filha da massagista Maria Aparecida de Jesus Souza, de 24 anos, nasceu no dia 9 de março e, desde então, reclama de dores e chora muito, de acordo com a mãe. Diretor do Hospital Geral de Ipiaú, o médico João Henrique Cruz Sampaio, declarou que a fratura ocorreu depois de um parto pélvico, em que o bebê fica sentado no útero. “É um parto muito difícil. Infelizmente, quando a criança saiu na primeira fase do parto, na saída do útero, teve a fratura no fêmur da perna direita”, disse o diretor ao G1. O hospital buscou prestar assistência a recém-nascida e conseguiu viabilizar o atendimento para a criança, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). “Ela foi ao Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana, mas o médico de lá diz que o tipo de cirurgia não pode ser feito com a idade que a criança tem e pediu para voltar no dia 3 de abril para uma consulta”, disse o diretor. A mãe acredita que a fratura pode ter ocorrido por conta de um “mau jeito” na retirada da criança. “Eu acho que foi não por ele (médico) querer, mas pode ser o mau jeito que tirou ela. O hospital disse que era normal porque foi parto pélvico e que acontece para salvar a mim e a ela, mas isso se fosse um parto normal, mas em cesariana não entendo a justificativa dele”, reclamou. A menina saiu da unidade com a perna engessada e permanece chorando e com dores, segundo conta a mulher. “Ela está se recuperando sozinha, sem remédio. Os médicos não passaram medicação nenhuma”, falou Maria Aparecida.

Assista: Protesto na Uesb de Itapetinga


Veja também

Assista: Jovem atropelada pelo marido em Itapetinga segue internada em estado grave; família pede que o acusado seja preso

Itapetinga: Marcos Brasil comenta construção de muro; confira

Itapetinga: Mototaxista fica ferido em acidente na Júlio José Rodrigues; assista

Itapetinga: Moradores do Quintas do Sul estão abandonados pela prefeitura e câmara de vereadores; assista

Bahia: Mãe tenta marcar exames para filha e descobre que menina está ‘morta’ para SUS


Uma mãe de Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia, tomou um susto quando foi marcar exames para a filha de 9 anos. De acordo com o cadastro no Sistema Único de Saúde (SUS), a criança estava morta. Fabrícia dos Santos Xavier levou a filha, Emelly Xavier Lima, até o posto de saúde do bairro João Mendonça para marcar exames de sangue, fezes, urina e hormônios, na última quinta-feira (22), mas não conseguiu. “O atendente que trabalha no posto informou que a minha filha estava morta e não conseguiu marcar [os exames]. Não sei o que aconteceu, porque até então achava que estava normal”, reclamou a mãe ao G1. No registro do cartão do SUS de Emelly, a data de óbito coincide com a data de nascimento da criança: 3 de julho de 2008. Fabrícia tentou resolver o problema na Central de Regulação da cidade, mas conta que foi informada de que deveria ligar para o Ministério da Saúde. Até então, ela não conseguiu contato com a pasta pelo número indicado. De acordo com o Ministério da Saúde que, em nota, o erro foi cometido por um funcionário do Complexo Regulador de Saúde de Teixeira de Freitas, no ato do preenchimento dos dados do paciente. Ainda segundo o ministério, situações como essa podem ser corrigidas diretamente pelas unidades de saúde onde a informação inconsistente foi identificada (óbito indevido). “Nestes casos, qualquer operador vinculado ao estabelecimento de saúde (operador do CadSus) deve entrar em contato com a Central de Atendimento 136, opção 8, onde será orientado a encaminhar ofício digitalizado para que a situação seja regularizada.

Itapetinga: Sem sinalização, carro fica no meio da pista por quase 3 horas após acidente


Moradores chamaram o site Itapetinga Repórter (77 8822 7743), na noite de sábado, dia 24 de março, por conta de um acidente de trânsito nas proximidades do Parque Poliesportivo da Lagoa, principal cartão postal da cidade. A colisão envolveu um veículo Fiat Strada, que bateu contra uma estrutura de concreto da rotatória, próximo ao Tiro de Guerra.

Ao Repórter, o motorista do carro, Ademar dos Santos Silva, informou que chovia no momento do acidente e por causa da falta de visibilidade ele acabou batendo o veículo. Apesar do susto e danos materiais, ninguém se feriu.

O contato dos moradores também tinha outro objetivo, além da divulgação do acidente. É que o carro só foi removido do local aproximadamente três horas depois do ocorrido. Neste período, o veículo ficou parado no meio do cruzamento, sem nenhum tipo de sinalização.

O telefone da Coordenadoria Municipal de Trânsito (Comutran) chamava, mas ninguém atendia. Uma equipe da Polícia Militar também esteve no local, porém, não conseguiu contato com o órgão regulador de trânsito de Itapetinga. Enquanto isso, chovia forte na cidade.

Antes da chuva passar, um agente da Comutran, numa motocicleta pertencente ao órgão de trânsito, chegou ao local. Ele estava sozinho e com a roupa ensopada. Imediatamente, o agente providenciou a retirada do carro da avenida e liberou a via. Depois, registrou a ocorrência e chamou o guincho.

Como não houve vítima, o dono do carro poderia ter retirado o veículo do local. Em seguida, aguardasse para registrar o caso. Quem lhe garante esse direito é o próprio Código de Trânsito Brasileiro (CTB) no seu artigo 178.

O outro lado

Para entender o que aconteceu. Em nome do bom e velho jornalismo, o Itapetinga Repórter esteve, na manhã desta segunda-feira (26), na sede da Coordenadoria Municipal de Trânsito (Comutran), no Bairro São Francisco de Assis. Lá, não encontramos o coordenador (Cláudio Souza), mas encontramos pessoas que tem autorização para falar por ele, na sua ausência.

A justificativa do órgão é que, no momento do acidente, havia uma operação da Comutran em andamento para a retirada de animais de grande porte de vias públicas da cidade. Como estava chovendo, o telefone apresentou problemas. Por isso, ficou praticamente impossível acionar os agentes.

O órgão informou que tem 4 motocicletas, mas que não possui nenhum carro para atender as ocorrências. Disse ainda que não existem roupas ou acessórios para esses profissionais, independentemente do tempo.

A Comutran também informou que será feita uma licitação para compra de botas, capas de chuva, acessórios e um carro. A parte ruim, é que não tem data pra isso acontecer.

Veja também

Assista: Jovem atropelada pelo marido em Itapetinga segue internada em estado grave; família pede que o acusado seja preso

Itapetinga: Marcos Brasil comenta construção de muro; confira

Itapetinga: Mototaxista fica ferido em acidente na Júlio José Rodrigues; assista

Itapetinga: Moradores do Quintas do Sul estão abandonados pela prefeitura e câmara de vereadores; assista