Polícia Militar de Potiraguá prende mulher com mandado de prisão por latrocínio em Ilhéus; veja o vídeo

Edileuza Roseano dos Santos, 46 anos, está presa no Complexo Policial de Itapetinga, após uma equipe da Polícia Militar cumprir um mandado de prisão contra ela. A ocorrência que terminou na prisão da mulher aconteceu na cidade de Potiraguá, no interior da Bahia,  depois de denúncia anônima.

O mandado de prisão em desfavor de dona Edileuza é por causa de um latrocínio (roubo seguido de morte) que aconteceu na cidade de Ilhéus, quando um ladrão invadiu uma residência, agrediu e trancou a mulher no banheiro da casa.  “Eu só escutei os tiros, não lembro de mais nada”, disse.

Os disparos que a mulher se refere acertaram a irmã da dona da casa. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local do crime. O bandido que estava dentro do imóvel fugiu em seguida  juntamente com o comparsa que o aguardava do lado de fora.

Edileuza, que na época trabalhava como empregada doméstica na casa, disse que retornou ao local porque havia esquecido o carregador do celular.  Ela prestou depoimento á Polícia Civil de Ilhéus e foi liberada. No entanto, durante as investigações, os agentes comprovaram a participação da mulher no latrocínio.

Outros detalhes do caso ainda não foram disponibilizados para a imprensa.

Dona Edileuza conversou com o site Itapetinga Repórter e disse que é inocente da acusação. “Realmente eu estava lá no dia, mas não usei minhas mãos para matar ninguém”. Assista ao vídeo.