Rui sobre o presidiário Lula: ‘Não tenho vergonha de ser aliado’

Visto como uma figura petista distante pela cúpula do PT, o governador Rui Costa (PT) negou que a aproximação com a imagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nessas eleições tenha um viés eleitoral. “Acho que é uma questão de justiça e solidariedade com quem fez o melhor governo desse país. Eu não tenho vergonha de dizer que sou aliado do presidente Lula”, declarou o candidato a reeleição que participa, nesta quinta-feira (16), do primeiro debate entre os postulantes ao governo na Band.

Nesse ritmo de aproximação, o governador ainda comentou que o vice da chapa presidencial petista, e provável substituto no pleito se Lula for impedido de ir para às urnas, Fernando Haddad (PT), deverá vir para Bahia na próxima semana. (bn)

Veja o debate ao vivo